SEXUALIDADE COTIDIANO ESCOLAR
Educação Sexual, Sexualidade Infantil e Adolescente
 
Publicado em 9 de Junho de 2020
Já parou para pensar sobre as questões da sexualidade no cotidiano escolar do seu filho/a, como direito humano, de cidadania, de respeito, de responsabilidade, de inclusão?
 
Sim, verdade, não é tarefa fácil! Porém se faz necessário, uma vez que é na escola que as nossas crianças e jovens, entram em contato com a diversidade cultural, de etnia, de gênero, de classe social, orientação sexual, entre outras.
 
Assim, precisamos fazer algo para mudar essa realidade, concordam? As instituições de ensino precisam contribuir, no sentido de reverter este quadro, de tornar a questão da sexualidade em algo discutido, conversado com tranquilidade, incluindo os pais/famílias num projeto conjunto com a comunidade educativa.
 
Precisamos refletir e debater sobre a sexualidade, que se esconde nas nossas famílias e nos currículos escolares dos nossos filhos/as, trazer à tona a própria sexualidade que se silencia em cada um de nós, estimular a pensarmos criticamente sobre ela, que se movimenta em meio a questões atuais e que vêm se tornando preocupação constante das famílias, das escolas e do Estado face o aumento da pornografia e exposição na internet, do assédio e violência sexual na infância e adolescência, da primeira relação sexual, das IST, da gravidez não planejada, da orientação sexual, entre outros.
 
Assim, a motivação para uma educação sexual se assenta na premissa de um trabalho informativo, reflexivo, inclusivo e integrador. É um repto às entidades responsáveis, incluindo as famílias, para pensar e englobar formações deste tipo aos alunos/as e como bem traz o ECA (1990):
 
?Art. 227 “É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão”.?@anasantapimenta 
 
#grazielarauppeducacao
Sobre nós
 
GRAZIELA RAUPP_EDUCAÇÃO, apresenta o diferencial na construção de saberes, no ressignificar de práticas, por meio da problematização e da aprendizagem significativa. Com mais de 20 anos de experiência em instituições de ensino e no mercado de trabalho, tem realizado pesquisas na área da Psicopedagogia Clínica, Formação de Professores, Educação Sexual/Gênero, Tecnologias e Mídias na Educação, Educação a Distância, Organização e Práticas Pedagógicas, Políticas Públicas,  Estágio Curricular Supervisionado, Educação Inclusiva e Coorporativa. 
 
Faça contato
 
 Formulário de Contato
 Envie seu Depoimento
 raupp.graziela@gmail.com
 (55 48) 99912 - 3332
 graziela.raupp.pereira
 Florianópolis/Brasil.
Links úteis
 
Ministério da Educação
Fundação Carlos Chagas
Fundação Calouste Gulbenkian
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e TecnológicoSciELO - Scientific Electronic Library
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina.
Home   •   Topo   •   Sitemap
Facebook Twitter Google+ Google Pinterest LinkedIn Email Addthis
© Todos os direitos reservados.